x

Press Releases: a opção de colocar itens como título, linha fina, links, imagem, vídeo etc.

3 portais é o mínimo que garantimos.

Marcelle Moraes quer incentivar adoção de crianças e adolescentes


A vereadora Marcelle Moraes (sem partido) sugeriu ao Executivo Estadual, por meio do Projeto de Indicação nº1876/2019, a criação do programa “A Espera de um Lar” com o objetivo de conscientizar a população baiana acerca de construção familiar a partir da adoção. A mesma proposta foi feita pela vereadora ao Executivo Municipal por meio do Projeto de Indicação nº1877/2019.
 
“É necessário incentivar a adoção para propiciar à criança e ao adolescente uma esperança na constituição de um lar, uma família, de serem recebidos e terem alguém para chamar de pai e/ou de mãe”, explicou a vereadora. 
 
Marcelle também destacou “a importância da família no papel de coluna de sustentação de valores morais”, o que, segundo ela, garante bases sólidas para o convívio social.
 
Dados
 
No projeto, Marcelle Moraes destacou que existem 43.698 pessoas interessadas na adoção, 41.630 crianças/adolescentes vivendo em abrigos e apenas 8.854 disponíveis para adoção, de acordo com o Cadastro Nacional de Adoção (CNA), disponível no portal do Conselho Nacional de Justiça (CNJ). 
 
A vereadora comenta que, apesar de o dado não ser claro no portal do CNJ, “o número de pessoas interessadas é cinco vezes maior que a quantidade de crianças disponíveis para adoção. Ainda assim, muitas delas passam a vida em abrigos públicos, sem um lar”.
 
De acordo com a parlamentar, existem mais dois pontos que dificultam a adoção. “Dentre os brasileiros interessados em adotar, mais de 60% não querem crianças com irmãos. Outro impasse é conseguir que pré-adolescentes, adolescentes ou crianças com problemas de saúde sejam adotadas”, pontuou.